6 conselhos para prolongar a vida útil das suas máquinas e ferramentas 

Consejos alargar vida herramientas

6 conselhos para prolongar a vida útil das suas máquinas e ferramentas 

Nunca é demais aprender a prolongar a vida útil das ferramentas e máquinas de jardim.

Que a sua motoenxada, corta relvas, corta sebes ou pulverizador estejam em perfeitas condições para serem utilizados durante muito tempo é algo desejável e mais fácil de conseguir do que pensa.

E é justamente esse o objetivo do nosso artigo de hoje: oferecer-lhe algumas dicas úteis para prolongar a vida útil das suas máquinas e ferramentas de jardim para compensar o investimento que fez. Vamos lá ver quais são os conselhos?

Consejos alargar vida herramientas

 

Conselho 1: reconhecer a importância da manutenção

Se está a ler este artigo é porque, a priori, tem interesse em manter em bom estado, durante muito tempo, as suas ferramentas e máquinas de jardinagem, certo? O mais importante neste caso: saiba que qualquer máquina ou ferramenta precisa de uma manutenção mínima para que não pife em quatro dias, e, também, para que cumpra perfeitamente com a função que tem (cortar, soprar, sulfatar, podar, sulcar…), além de a manutenção ser essencial para evitar acidentes. Não tinha pensado sobre este último ponto? Pois sim, também é importante.

Afilar herramientas

Da mesma forma que uma faca cega na cozinha pode machucar um dedo, uma máquina ou uma ferramenta de jardinagem mal conservada pode dar-nos muitos sustos se ficar presa num galho ao podar, ou travar de repente quando estivermos a cortar a relva, etc. Assim, duas razões essenciais para dedicar tempo ao nosso jardim e às máquinas que usamos para cuidar dele seriam as seguintes:

  1. Para a segurança pessoal, familiar, do vizinho, das suas colheitas, plantas, sebes, etc.
  2. Por uma questão de dinheiro, simples assim.

Conselho 2: classificar as máquinas e ferramentas por tipos

O mundo das máquinas e ferramentas é infinito e existem muitos tipos de equipamentos. Então, como podemos saber como é a manutenção específica de cada um? Muito simples: com o uso do bom senso.

Embora existam diversos tipos de ferramentas e máquinas para a jardinagem e a agricultura, elas compartilham algumas características básicas, por exemplo: ou são feitas de metal ou são feitas plástico; ou são elétricas ou têm motor a gasolina ou diesel; têm partes removíveis ou não, etc.

Por isso, o segundo conselho dos especialistas de MáquinasdeJardim.com é verificar a sua coleção de ferramentas e distribuí-las por grupos ou famílias. Esta classificação permitirá seguir as dicas que são dadas já a seguir.

 

Consejos alargar vida herramientas

Conselho 3: limpar e lubrificar

As ferramentas de plástico, como pás pequenas ou regadores, precisam ser lavadas com água e sabão após cada uso e serem bem secas antes de serem armazenadas. Isso é importante especialmente se estiver a trabalhar com terra ou plantas recentemente sulfatadas, ou se tiver cortado ramos ou flores doentes ou com pragas.

Um elemento feito de plástico que é essencial num jardim é a mangueira e quase todos se esquecem da regra básica de manutenção deste acessório: deixá-la bem enrolada num suporte e não deixá-la passar a semana inteira deitada no jardim, dobrada em ângulos estranhos e a receber horas e horas de sol.

Máquinas e ferramentas com peças de metal, como motosserras ou roçadoras, precisam ser limpas, primeiro, e engraxadas depois. A limpeza pode ser feita com um pano simples e um pouco de água ou mesmo com óleo, caso a sujeira esteja profundamente incrustada. Se for usar água, lembre-se de secar muito bem a máquina e de adicionar uma camada considerável de óleo, produto que evita a ferrugem.

Esta mesma regra de limpeza aplica-se a todos os acessórios e encaixes que possam ser anexados à máquina: arado japonês, abre-regos, etc.

Máquinas y Herramientas para Jardín Imprescindibles

 

Conselho 4: afiar

Como bem sabe, muitas máquinas de jardim têm peças afiadas para cortar, aparar ou podar, com os corta sebes, motosserras, motosserras podadoras etc.

Essas peças não devem apenas estar muito bem limpas e livres de sujeira, grãos de terra ou manchas de ferrugem; também devem ser bem afiadas para que não percam a funcionalidade, não causem acidentes e, claro, durem o tempo que o fabricante garantir.

 

Conselho 5: proteger e guardar

Todas as ferramentas de metal e plástico devem ser recolhidas e armazenadas em ambientes internos após cada uso. Por mais simples que sejam, as ferramentas de jardim requerem um mínimo de manutenção, o que inclui que fiquem guardadas em espaços interiores, mesmo nas noites quentes de verão.

Além disso, se não for usar uma ferramenta ou máquina por vários dias ou semanas, lembre-se de cobri-la com algum cobertor ou com sacos de papel ou plástico. Desta forma, estará a proteger duplamente as suas máquinas de jardim: sob o teto do galpão, garagem ou oficina e também com o cobertor ou capa, o que vai manter os seus materiais de jardinagem protegidos contra a poeira, a humidade, etc.

Conselho 6: ler as instruções de manutenção da máquina

Os fãs do mundo das máquinas e ferramentas geralmente têm algo em comum: não gostam de ler as instruções de manutenção que acompanham as máquinas de jardim. Não se sabe o motivo, mas é como se esses manuais de instrução ficassem invisíveis, especialmente se a pessoa já tiver tido uma máquina ou ferramenta semelhante antes, não é mesmo?

De qualquer forma, haverá aqueles que não se convencerão com este nosso último conselho para prolongar a vida útil das máquinas e ferramentas de jardim, mas, se afirmamos isto, é porque temos pleno conhecimento dos fatos: cada máquina, cada ferramenta, é um mundo e as instruções de utilização, limpeza e manutenção que vão na embalagem podem apresentar ótimos truques para mantê-las em perfeitas condições por muitos anos.

 

Mantenimiento herramientas

 

Ao comentar sobre a importância da manutenção, sobre a classificação das máquinas e ferramentas por tipo, sobre limpá-las, lubrificá-las, afiá-las e, por fim, sobre ler as instruções do fabricante, chega ao final nosso texto com 6 dicas básicas para prolongar a vida útil das suas máquinas de jardim.