Truques e conselhos para cultivar plantas em vasos

Plantas en maceta

Truques e conselhos para cultivar plantas em vasos

Como cuidar de plantas em vasos é uma das dúvidas que mais chegam à caixa de correio do nosso Atendimento ao Cliente. Alguns dos nossos leitores têm a imensa sorte de poderem desfrutar de um pequeno quintal ou jardim onde cultivam plantas aromáticas, flores e outros; mas a grande maioria dos jardineiros amadores tem de se contentar em criar jardins em vasos, esses pequenos mundos naturais adaptados aos terraços e varandas das cidades.

É por isso que hoje vamos falar sobre os cuidados “básicos” com os vasos de plantas. Apresentaremos dicas úteis para transformar vasos em pequenos jardins cheios de plantas. Algumas das dicas são igualmente úteis para aquelas pessoas que têm um jardim ou uma horta urbana e preferem, primeiro, plantar em vasos para depois transplantar para o solo.

Acha o tema interessante? Então já sabe, continue a leitura!

Plantas en maceta

Os metros quadrados disponíveis e o número de plantas que deseja ter

O primeiro passo para escolher os melhores vasos é pegar lápis e papel e fazer uma regra de três simples para calcular quanto espaço livre há e quantas plantas diferentes deseja cultivar. Parece um conselho óbvio, mas acredite: nem todo mundo presta atenção a isso ao comprar os vasos.

O tipo de planta

Uma samambaia não precisa do mesmo espaço para crescer que, por exemplo, um tomateiro ou uma roseira. Um bonsai precisará de um vaso mais largo do que, por exemplo, um pequeno cacto; um arbusto precisará de um recipiente grande e profundo o suficiente para permitir que se desenvolva, enquanto uma videira precisará de um vaso muito alto e fundo…

Em suma: saber que tipo de planta vai cultivar é, portanto, o segundo passo essencial para escolher os melhores vasos para o seu minijardim.

Interior/Exterior

O terceiro passo indispensável para a escolha correta dos seus vasos é decidir se eles vão ficar ao ar livre (no jardim, varanda ou terraço) ou dentro da casa. Se for cultivar flores e plantas de interior, não precisará investir em vasos de resina ou de PVC (mais caros), mas se suas plantas forem viver ao ar livre e não quiser transplantá-las repetidamente, não escolha recipientes de plástico de má qualidade, potes de metal que enferrujam sempre que chove ou vasos de madeira sem tratamento que incham com a humidade e ressecam com a luz do sol.

tipos de macetas

 

Cuidar das plantas em vasos: a terra

Depois de escolher o vaso mais adequado para a área interior ou exterior, é hora de falar sobre o segundo segredo para cuidar dos vasos de plantas: o solo ou substrato em que são cultivadas.

O substrato é, junto da água, o alimento básico das suas plantações, por isso vale a pena investir um pouco de dinheiro na aquisição de uma terra de qualidade para usar nos vasos: terra solta, pouco argilosa e rica em nutrientes.

Um erro que quase todos nós cometemos com a terra usada em vasos é nunca lembrar de renová-la ou, pelo menos, de repor aqueles nutrientes que desaparecem com o passar do tempo, seja pela presença de pragas, seja pelo excesso de rega, etc.

tierra macetas

 

Alguns truques para manter a terra dos vasos em perfeitas condições:

  1. Remexa a terra de vez em quando para que não fique endurecida e para permitir que a humidade alcance todas as partes das suas plantas. Se usar alguma FERRAMENTA DE JARDINAGEM para arejar a terra nos vasos, lembre-se de limpá-la bem antes de guardá-la novamente.
  2. Alimente a terra das suas plantas com compostagem caseira que pode ser feita a partir de resíduos orgânicos, como cascas de ovo, de vegetais e de banana e outras frutas, além de borra de café, etc.
  3. Coloque barras de nutrientes nos vasos. Estas barras energéticas são fáceis de colocar, são económicas e fazem efeito durante dois a três meses.

 

Cuidar das plantas em vasos: a rega

O terceiro segredo para cuidar das plantas em vasos é a rega. A humidade é o que as plantas precisam para crescer fortes, saudáveis, bonitas e, o mais importante, sem a presença de pragas como pulgões, moscas-brancas, etc.

regadera plantas en maceta

 

Algumas dicas úteis para regar os seus vasos:

  1. Os vasos pequenos normalmente precisam de menos água do que os vasos maiores, mas precisam ser regados com mais frequência.
  2. Via de regra, as plantas em vasos são regadas de duas a três vezes por semana durante o verão e uma vez por semana nos meses de inverno, mas essa regra não é imutável, pois a frequência e a quantidade de irrigação dos vasos dependem de muitos fatores, como: o tipo de planta e se é interna ou externa; a qualidade da terra; a qualidade da água usada para a rega; a temperatura e a humidade ambiente; a presença de vento, etc.
  3. Existe um truque muito simples para saber se é preciso regar os vasos ou não: tocar a terra com a ponta dos dedos. Se o dedo não se sujar, as plantas precisam de água.
  4. Se um vaso ficar encharcado devido à rega ou chuva excessiva, o que pode acontecer com um vaso externo, remova a água adicional assim que possível. Se perceber que a planta está muito encharcada, terá de transplantá-la para outro vaso e trocar o substrato humedecido por uma nova terra.

 

Que tal os nossos truques para cuidar dos seus vasos? Conhece mais algum conselho? Conte-nos, fique à vontade!

 

 macetas